ESSA É PRA TOCAR NO RÁDIO - 18 - FREVO

Qui, 02/09/10

Essa é para tocar no rádio

O Frevo surgiu no Recife nos fins do século XIX. É impossível distinguir bem se o frevo, que é música, trouxe o passo ou se o passo, que é dança, trouxe o frevo. Fato é que o frevo contagiou os carnavais de todo o Brasil e o trabalho de músicos contemporâneos que criaram músicas belíssimas.

Frevo was born in Recife at the end of XIX century. It is impossible to tell if the music brought the dance (passo) or the dance brought the music (frevo). The truth of the matter is that frevo “contaminated” Carnival all over Brazil and the work of contemporary musicians that created awesome compositions.

 

Playlist:


“Vassourinhas” de Matias da Rocha e Joana Batista Ramos, com Spok Frevo
“Evocação no 1” de Nelson Ferreira, com Hamilton de Holanda
Pot-pourri de Frevos do Capiba:
“Morena Cor de Canela”; “Ah! Se eu tivesse”; “Oh! Bela”; “Linda Flor da Madrugada” com Claudionor Germano.
“Frevo no 1 do Recife” de Antonio Maria ,com Maria Bethania
“No Cordão da Saideira”com  Edú Lobo, de sua autoria
“Frevo Diabo”com Edú Lobo, dele e de Chico Buarque
“Atrás do Trio Elétrico” com Caetano Veloso, de sua autoria
“Frevo Rasgado”com Gilberto Gil, de sua autoria
“Frevo de Orfeu” de Tom e Vinicius,  com Gal
“Loro” de Gismonti, com ele e Charlie Haden
“Frevos” com Marcus Tardelli são “Vô Alfredo” e “Henriquieto”, de Guinga e Aldir Blanc.
“Frevo (para Gismonti e Hermeto)”com Zé Paulo Becker, de sua autoria
“Frevaricando” com Alessandro Penezzi, de sua autoria
“Seu Tonico na Ladeira”com Marco Pereira, de sua autoria


Clique aqui para baixar este programa em arquivo MP3

 

 

ESSA É PRA TOCAR NO RADIO

Baixar em MP3

Compartilhar

Programas Anteriores

veja mais programas